Comando entrega pauta de reivindicações à Fenaban. Primeira rodada será dia 28

Bancários estão dispostos a paralisar
15 de junho de 2018
GIRASSOL Escola de Educação Infantil
2 de julho de 2018

O Comando dos bancários entregou hoje (13) à Fenaban a pauta de reivindicações da Campanha Nacional, aprovada na 20ª Conferência da categoria realizada entre os dias 8 e 10 deste mês de junho em São Paulo. Entre as reivindicações prioritárias, reposição da inflação registrada no período de setembro de 2017 e agosto deste ano, 5% de aumento real, renovação da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), extensiva a todos os trabalhadores do ramo financeiro, garantia de emprego e proibição de demissões em massa. Os representantes dos bancos assumiram compromisso em iniciar o processo de negociação ainda neste mês de junho, mais especificamente no dia 28.

O presidente da Fenaban, Murilo Portugal, em sua fala destacou que o “acordo coletivo nacional reduz desigualdades regionais e tem apresentado resultados positivos”. Para a presidente do Sindicato, Stela, a afirmação do presidente da Fenaban, sem dúvida, “ é um reconhecimento da importância da CCT”.

Após a entrega da pauta nacional à Fenaban, o Comando entregou as pautas específicas para o Banco do Brasil e Caixa Federal, aprovadas pelo 29º Congresso Nacional e 34º Conecef, respectivamente, realizados entre os dias 7 e 8 deste mês de junho, em São Paulo. A pauta da categoria foi referendada pelos bancários de Campinas e Região durante assembleia realizada ontem (12), na sede do Sindicato.

Pré-acordo

Durante a entrega da pauta à Fenaban, o Comando Nacional dos Bancários propôs a assinatura de um termo de compromisso (pré-acordo) para garantir a validade das atuais cláusulas da CCT até a renovação, como definiu a 20ª Conferência. O termo é uma necessidade porque o também chamado acordo coletivo de trabalho perde validade no dia 31 de agosto deste ano e a nova legislação (Lei nº 13.467, reforma trabalhista) acabou com a chamada ultratividade das normas coletivas, que assegurava a prorrogação da CCT durante o processo de negociação. A Fenaban não manifestou sua posição. A data-base da categoria é em 1º de setembro.

Foto: Júlio César Costa

Fonte: Sindicato dos Bancarios Campinas e Região

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *